maisDADOS Tecnologia

55 (31) 3198 4393
Plantão (31) 98652 4989
(31) 99546 7117
menu

Notícias

Dez perguntas para controlar sua estratégia de vigilância empresarial

É importante, além de manter um sistema de segurança atual e funcional, ter todo o conjunto de forma adaptativa aos funcionários.

De cabeça: você sabe qual é a estratégia de vigilância da sua empresa?

Vazamento de dados é um problema que muitas empresas enfrentam, até mais se considerarmos que esses problemas são predominantemente facilitados por funcionários. Por outro lado, não são inevitáveis.

O jeito mais fácil de consertar isso é treinar os funcionários para aplicar “inteligência real” em tais situações e agir estratégica e inteligentemente ao enfrentar esses problemas. Abaixo estão 10 perguntas que as empresas devem se perguntar para guiá-los ao preparar a estratégia de vigilância da empresa:

1 – Seus funcionários sabem exatamente como relatar quaisquer atividades e/ou comportamento suspeitos?

Se sua empresa não tiver um processo de relato padrão, as coisas podem se tornar bastante desorganizadas e problemáticas quando um problema surgir. É importante ter um guia ou um procedimento estabelecido ao qual todos podem recorrer em caso de necessidade.

2 – Seus sistemas são capazes de transcrever inteligência real em vigilância em tempo real repetível?

A qualidade dos serviços fornecidos pelos seus sistemas é algo que deve ser examinado. Quanto mais rápido eles transcrevem inteligência real em vigilância em tempo real repetível, melhor, porque isso irá prevenir problemas futuros.

3 – Quanto tempo leva para a empresa reagir a qualquer comportamento suspeito relatado e encontrar correlações?

Se for rápido, é algo que deve continuar sendo feito, mas se for lento ou não tão rápido quanto necessário, é hora de entender o que está acontecendo e como sua equipe pode melhorar o processo.

4 – Os seus sistemas são capazes de ajustar automaticamente os controles, aprendendo com o bom comportamento?

O perfilamento positivo é uma ferramenta muito útil que pode melhorar muito o seu negócio. Com seus sistemas aprendendo com o bom comportamento, é possível evitar acessos indesejados e golpes, já que seus sistemas serão carregados com informações que reconhecem o padrão de comportamento do usuário real da conta. Se os seus sistemas podem fazer isso automaticamente, uma grande parte dos problemas podem ser prevenidos.

5 – Quão rápido você reconhece a “inteligência real” oferecida por seus funcionários?

Os seus funcionários são capazes de agir de maneira inteligente e coesa enquanto enfrentam problemas de segurança? Por mais que os processos sejam importantes para garantir que as coisas corram bem, é essencial que sua equipe saiba lidar com vários tipos de situações e tenha a liberdade de adotar diferentes abordagens que possam parecer melhores para solucionar os problemas.

6 – Os seus sistemas promovem excelência em experiência do cliente e estratégias inclusivas de mitigação de riscos?

Manter os seus sistemas atualizados e em constante mudança para incluir novas necessidades dos clientes é essencial para garantir que seus clientes não tenham a sensação de que você não está sendo atencioso o suficiente. Implementar estratégias que permeiam seu negócio para prevenir problemas ocasionais também é essencial.

7 – Com que frequência você instrui funcionários e clientes sobre possíveis ameaças?

É muito importante que seus clientes entendam os riscos que estão correndo ao compartilhar suas informações indiscriminadamente e não seguir as regras de segurança. O primeiro passo para evitar que ocorram problemas é educar os seus funcionários sobre os riscos e exemplos para que possam compartilhar esse conhecimento com os clientes.

8 – Você está aproveitando a inteligência compartilhada de seus fornecedores para ficar à frente das ameaças de cybercrime?

Por estarem à frente dos negócios, os fornecedores podem se deparar com muitos novos tipos de golpes e detectar problemas, então ter conversas frequentes entre suas equipes pode ajudar sua empresa a se preparar para assimilar e lutar contra novos problemas.

9 – Seus funcionários se sentem capacitados para buscar novas oportunidades de negócios ou são inibidos por muitos controles de segurança?

Com os dados que seus funcionários têm em mãos, é importante que se sintam capacitados para procurar oportunidades de negócios que podem aprimorar seu crescimento como profissionais, assim como trazer valiosas parcerias para a empresa.

10 – Seus sistemas estão, principalmente, apoiando ou segurando seus funcionários?

Também é válido questionar se seus sistemas estão trabalhando a favor ou contra seus funcionários e em quais aspectos você pode adaptá-los para melhorar o fluxo de trabalho.

Ao responder a essas perguntas, as empresas podem detectar quais são os problemas/aspectos que estão em falta nos seus atuais sistemas e funcionários e trabalhar para melhorá-los. Além disso, uma avaliação periódica dos elementos fortes e deficiências na estratégia de vigilância do negócio também pode garantir um feedback melhor dos clientes e funcionários. As coisas nem sempre correm bem, mas o trabalho constante pode compensar.


Fonte: IT Fórum 365